quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

nota solta: homeschooling

Por várias ocasiões, nas pesquisas sobre formas alterativas de educação me deparei com o homeschooling ou ensino doméstico. O modelo apresenta, como quase todos vantagens e desvantagens, mas tem uma qualidade que o torna particularmente interessante: pode ser (parcialmente) adoptado por todos, em complemento a qualquer outro modelo (excepto talvez às escolas em regime de internato...). A comunidade nacional e internacional que integra este modelo está em crescimento e parece apresentar um nível de reflexão e propostas práticas surpreendentes e que proporciona uma saudável discussão em torno do que deve ser o ensino e a aprendizagem e em última análise (ou primeira) para que serve ou deveria servir a escola.

Vem esta nota a propósito da descoberta de hoje, um aparente contra-senso que me deixa intrigado e com vontade de saber mais: a existencia de uma escola para ensino doméstico. Chama-se Clonlara, nasceu nos Estados Unidos e tem uma "filial" em Espanha. 
Ao que percebo funcionam como uma espécie de consultora com tutoria e apoio legal para a prática do homeschooling mas o modelo pressupõe que os miudos se inscrevam (e paguem uma mensalidade) como noutra escola privada qualquer. Fiquei curioso, sobretudo pelo aspecto contraditório da coisa... 


O link está aqui http://www.clonlara.es

Sem comentários:

Publicar um comentário