quarta-feira, 2 de julho de 2014

Como destruir o espírito de uma criança: 25 técnicas infalíveis

Um manual rápido para um lar tranquilo e um futuro brilhante para os petizes.  Retirado do 
childrenandnature.org.  Por vezes o humor, mesmo que irónico, é a melhor forma de alertar para as nossas acções imprensadas, mas com consequências muito sérias.



Como destruir o espírito de uma criança: 25 técnicas infalíveis

1 - Valorize apenas aquilo que possa ser quantificado.
2 – Crie as crianças num ambiente doméstico, fechado e protegido. Mantenha-as afastadas da natureza. Certifique-se que nunca se sujam, e jamais com terra ou lama.
3 - Discuta com o seu marido ou esposa com a maior frequência e violência física ou verbal possível.
4 – Nunca discuta com o seu marido ou esposa na presença das crianças.
5 – Quando falar do futuro, certifique-se que o descreve como aterrorizador.
6 – Exponha-as a violência virtual, evite que experienciem emoções reais
7 – Faça com que tenham consciência de todos os perigos possíveis. Ameace-as ou faça-as sentir fisicamente e psicologicamente ameaçadas.
8 – Evite que tenham contacto e dispute o seu contacto com os avós e outros adultos próximos, sobretudo pessoas idosas.
9 – Planifique cada minuto da sua vida. Impeça que tenham tempos a sós ou momentos mortos.
10 – Esterilize a educação. Elimine qualquer vestígio de política ou religião, nunca debata temas polémicos na sua presença.
11 – Certifique-se que os professores seguem os padrões normalizados. Foque a educação exclusivamente nos conteúdos académicos
12 – Não repare/recupere nada. Mostre às crianças que tudo o que seja velho ou esteja estragado deve ser deitado fora e substituído por algo novo.
13 – Impeça as pausas, as actividades lúdicas e recreativas e proíba a brincadeira livre. Desvalorize as artes de qualquer espécie.
14 - Nunca encoraje as crianças a construírem os seus próprios jogos
15 – certifique-se que quando jogam o fazem de acordo com as regras
16 – Penalize o “sonhar acordado”
17 – Utilize medicamentos como forma de combater hiperactividade e indisciplina.
18 – Evite as distracções Prefira escolas que tenham janelas elevadas, recreios de cimento e zonas habitacionais com áreas de circulação delimitadas. Evite os espaços abertos e verdes.
19 – Afaste qualquer responsabilidade Evite que as crianças cultivem algo, ou sejam responsáveis por cuidar de animais.
20 – Proíba que tenham castelos ou casas nas árvores
21 – Pais sérios e responsáveis têm muitas horas de trabalho diárias e muitas dívidas para pagar.
22 – Repita-lhes várias vezes ao dia: “ a nossa geração falhou, agora é convosco”
23 – Diga-lhes que não são capazes de fazer nada bem feito.
24 – Diga-lhes que tudo o que fazem é maravilhoso

25 - Eduque pelo exemplo: viva com medo. 

Sem comentários:

Publicar um comentário